Mitos, verdades e benefícios da previdência privada
17 de julho de 2017
Investimento em previdência privada, garantia de estabilidade
31 de julho de 2017

O mercado futuro baseia-se em acordos de compra e venda por períodos e durações pré-determinadas. Nele, são negociadas transações futuras, onde contamos com a alta ou baixa de determinados ativos. Como explicamos em nosso post “O mercado futuro da soja: entenda e invista nesta commoditie!”, o mercado futuro é muito importante para produtores agrícolas, pois garante-se certa segurança ao produtor e ao investidor financeiro.

Como exemplo, podemos utilizar o mercado futuro milho: assim como na plantação antecipada da soja, a safra do milho pode trazer muitas dúvidas e preocupações ao produtor. Será que o preço do milho no mercado se  manterá até a colheita? Será que o preço cairá e trará prejuízos ao produtor? Observe, então, quão importante é uma negociação futura.

Mercado futuro do milho: curiosidades sobre a commoditie

O milho é uma das culturas que mais cresce no Brasil. Segundo projeções realizadas pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) e pela FAO (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação), a produção milho pode crescer aproximadamente 14% até 2026. Com a alta produção, já são criadas alternativas para o produto, como por exemplo, a fabricação de etanol de milho, sugerida pelo ministro da Agricultura Blairo Maggi. Com essa alternativa, espera-se que o Brasil possa utilizar o excedente da produção de milho para ficar ao lado de grandes potências, como os Estados Unidos, que já fabricam o etanol de milho.O milho também é o insumo mais utilizado no setor de alimentação animal (aves e suínos), além de fazer parte da alimentação humana (farinha, óleo, entre outros).

O mercado futuro milho pode trazer retornos interessantes ao investidor (desde que seja feito de maneira consciente), pois o milho é um produto amplamente utilizado e muito importante em vários setores econômicos. Por isso, é importante contar com um bom agente de investimentos, que lhe indicará as melhores direções para aplicação nessa modalidade de investimento.

Quero investir no mercado futuro de milho. O que devo saber?

No mercado futuro, existem dois mecanismos: o contrato futuro e o contrato de opção. No contrato futuro, é possível fixar o preço da compra ou venda em uma data futura. Nesse mecanismo, é preciso depositar a margem da garantia e ajustes diários. Então, a Bolsa divulgará no final de cada pregão o valor dos ajustes, significando uma diferença diária positiva ou negativa a ser paga ou recebida por investidores.

Já o contrato de opção é a prazo, sendo efetuado pela Bolsa, propicia o direito de comprar ou vender determinado ativo por um preço fixado até uma data futura, por meio de um pagamento de um prêmio na aquisição do contrato.  

Os preços do mercado futuro milho são negociados pela BM&F, que tem como unidade padrão sacas de 60kg do produto. Os contratos padrões de compra e venda consistem em 450 sacas de 60 quilos. Nesta cotação, a entrega física do produto não está inclusa.

Para saber a variação real do valor do milho, você pode utilizar o indicador Milho Esalq. Vale lembrar que não é apenas a variação do preço do milho que deve ser levada em conta, mas também os vencimentos dos contratos. Quando analisadas juntamente, os dados geram a percepção da oscilação na valorização do mercado futuro milho, que são as informações geralmente observadas por traders e admitida por investidores.

Antes de realizar qualquer investimento é importante se informar sobre a aplicação desejada. Se você possui interesse em investir no mercado futuro milho, entre em contato conosco através de nosso site.