Fundos de Investimento DI

Todo o dinheiro aplicado no Fundo de Investimento é convertido em cotas e cada cotista possui um número de cotas proporcional ao seu investimento. A administração do Fundo é realizada por gestores capacitados e seu regimento é feito a partir de um regulamento.

 

Qual o risco em se investir em Fundos de Investimento?

No mercado financeiro, o risco é a possibilidade de não se atingir o retorno esperado de seu investimento, o que depende de diversos fatores como mudanças políticas, economicas, nas regras de tributação, dentre outros.

O principal risco do fundo de investimento é aquele inerente aos ativos que compõem a carteira. Vale destacar três riscos principais aos quais o investidor normalmente está sujeito: o risco de mercado, decorrente das oscilações nos preços dos títulos que compõem a carteira do fundo; o risco de crédito, que significa o tomador dos recursos não honrar a obrigação; e o risco de liquidez, que tanto pode ser dos ativos quanto das cotas que compõem o fundo.

Buscando oferecer um conhecimento prévio ao investidor em relação à melhor opção de acordo com seu perfil, a Upper Investimentos assessora seus clientes a partir da escala de risco de operação estabelecida pela XPI (Baixo, Médio Baixo, Médio, Médio Alto e Alto), utilizada para ordenar todos os fundos da Plataforma XP em níveis padronizados de risco.

Quais as vantagens de se investir em Fundos de Investimento?

Dentre as inúmeras vantagens dos fundos, é importante destacar sua principal característica: a possibilidade de se reunir investidores com objetivos comuns, estratégias de investimento semelhantes e mesmo grau de tolerância a risco. Isso os permite concentrar recursos para aumentar seu poder de negociação e diluir os custos de administração. Importante levar em consideração também a redução de custos diversos, como os custos de corretagem na aquisição de ações, por exemplo, ao se aplicar em conjunto com outros investidores.

Vale destacar também:

 

Diversificação dos Fundos de Investimento:

Acesso a uma carteira diversificada de ativos, de acordo com o risco, o objetivo de rentabilidade e o tempo de aplicação desejado. Quanto mais diversificado o fundo, menor é o risco. Importante observar também que esta modalidade permite investir em ativos de difícil acesso pelo investidor como, por exemplo, operações estruturadas que buscam proteger seu investimento ou potencializar retornos.

Gestão especializada dos Fundos de Investimento:

Através dos Fundos de Investimento, os cotistas podem configurar seus recursos nas mãos de profissionais especializados e dedicados exclusivamente à esta gestão, o que lhes dá condições indispensáveis para uma tomada de decisão mais assertiva. Vale destacar também a praticidade como outra vantagem, já que pro investidor cotista não precisa se preocupar com o acompanhamento da liquidez dos ativos que compõem o Fundo, o próprio gestor se encarregará disso, comprando, vendendo e acompanhando os ativos que compõem este Fundo.

Liquidez dos Fundos de Investimento:

Independentemente dos prazos de aplicação e resgates variarem de acordo com cada Fundo, uma característica desta modalidade de investimento é o fato do cotista poder resgatar suas cotas, parcialmente ou totalmente, com certa rapidez.

Transparência dos Fundos:

Os regulamentos e prospectos dos Fundos de Investimento são públicos. Além disso, mensalmente, os gestores são obrigados a mostrar todos os ativos do Fundo através da publicação da carteira no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), comissão essa que registra, custodia, fiscaliza e audita periodicamente todas as operações.

Dentre estas e outras vantagens, vale reforçar o suporte da Upper Investimento em trazer a você, através de um atendimento personalizado e das plataformas de gestão da XP Investimentos, um conjunto de serviços que engloba demonstrativos mensais e anuais, alternativas de reinvestimento de juros e dividendos, planos de valorização, planos de saque, dentre outros suportes.

Fontes:
http://www.xpi.com.br
http://www.portaldoinvestidor.gov.br